Notícias

PCMG prende candidato reprovado em exame de direção por corrupção ativa na RMBH


Por Detran-MG
30/11/2021 17:52:00 - Atualizado Há 2 meses

Policiais civis, integrantes da banca examinadora do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), prenderam em flagrante, na última sexta-feira (26/11), um homem de 23 anos, por corrupção ativa, durante exames de prática veicular realizados no município de Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O suspeito foi detido no momento em que fez uma proposta de vantagem econômica para que os examinadores ignorassem os erros cometidos e o aprovassem no teste para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria “A”.

Imediatamente, os policiais civis informaram ao cidadão “que não são corruptos,” foi dada voz de prisão em flagrante e ele foi levado à presença dos secretários e testemunhas para as devidas providências. O suspeito foi conduzido à delegacia de plantão do município de Ribeirão das Neves e autuado com base no art.333 do Código Processo Penal (CPP), que pune quem oferece ou promete vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício. A pena é de multa e reclusão, que pode variar de dois a doze anos.

Divulgação PCMG
Divulgação PCMG

 

A fim de valorizar os integrantes da banca examinadora pela conduta ética e ilibada durante o fato ocorrido, o diretor do Detran-MG, o delegado Eurico da Cunha Neto, e a chefe da Divisão de Habilitação, delegada Maria Alice Faria, reuniram-se, na tarde desta segunda-feira, com os policiais civis para parabenizá-los pelo excelente trabalho .
O diretor Eurico da Cunha afirma que “os trabalhos da Polícia Civil de Minas Gerais são pautados pela ética e correição, valores estes presentes na Banca Examinadora”.

A delegada Maria Alice destaca que “toda ação que visa reprimir qualquer tipo de desvio de conduta, relacionada à banca examinadora do estado, a Divisão de Habilitação dará todo e qualquer respaldo necessário para viabilizar, de fato, o fim de qualquer atitude que possa macular os trabalhos da Polícia Civil”.

Equipe da banca examinadora, presente no dia do fato: Investigadores de Polícia João Gustavo de Lima; Igor Diego Lamas Gomes;Nedson Lobo Veloso; Ednei Martins Lopes; Agenor Fidelis Filho; Dener de Oliveira Lima.


 

 

 

-
Acompanhe o facebook e o instagram do Detran-MG! 
Assessoria de Comunicação – Detran-MG/PCMG