Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Letra Contraste Contraste | Maior Contraste| Menor Contraste
Publicado em Quinta, 08 Fevereiro 2018 18:03

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio do Departamento de Trânsito de Minas Gerias (Detran-MG), realizou na manhã de quinta-feira (8), no auditório da Delegacia Especializada em Acidentes de Veículos (DEAV), na capital, o primeiro leilão de sucatas inservíveis.

          Divulgação PCMG
As sucatas inservíveis, objeto do leilão, tratam-se de lote único constituídas de 933 veículos automotores, sendo um peso líquido de 211.490,4 kg que tiveram lance inicial no valor de R$ 0,12 (doze centavos) conforme Edital nº 860/2017 do Detran-MG, publicado no site www.detran.mg.gov.br e arrematado pelo lance final de R$ 0,75 (setenta e cinco centavos). O produto arrematado tem como destinação a reciclagem, descontaminação, descaracterização e trituração das sucatas de veículos e materiais inservíveis de bens automotores sem identificação ou sem possibilidade de qualquer recuperação e regularização junto ao órgão executivo estadual de trânsito, regulamentado de acordo com a Lei Federal nº 8.666, de 21 junho de 1993.

O leilão de inservíveis é destinado exclusivamente a qualquer pessoa jurídica que opere no ramo de siderurgia, de fundição ou de reciclagem, nos termos exigidos pela legislação vigente e que atenda todas as exigências estabelecidas no edital e  nos anexos. O evento contou com a participação das empresas Gerdau Açominas S/A, Gersol Gerenciamento de Resíduos Sólidos Ltda e ArcelorMittal Brasil S/A, sendo esta última a vencedora do leilão. No leilão de sucatas inservíveis o arrematante é totalmente isento de ônus.

O Diretor do Detran-MG, Delegado César Augusto Monteiro Alves Júnior, parabenizou a iniciativa da Comissão de Leilão. “O Detran-MG mais uma vez sai na frente. Esse leilão é resultado de muito esforço, trabalho e dedicação. O evento de hoje é um marco inicial de uma série de leilões de sucatas de veículos automotores inservíveis a serem realizados em todo o estado de Minas Gerais”, disse o Delegado.

De acordo com o Delegado Felipe Fonseca Peres, Chefe da Divisão de Controle de Ciretrans (DCC) e da Comissão de Leilão, “o leilão também tem um papel importante do ponto de vista ambiental, que é esvaziar os pátios sendo uma forma encontrada para eliminar possíveis focos transmissores de doenças e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente e a qualidade de vida da população”.

O Delegado Roberto Alves Barbosa Júnior, titular da Delegacia onde foi realizado o leilão, acompanhou o evento e destacou que “esse leilão demonstra o papel atuante do Detran-MG. Ser o anfitrião e participar dessa atividade marca a transparência, legalidade e credibilidade nesse trabalho de sucesso”.

Leilão

Os veículos que vão a leilão são aqueles apreendidos por infração à legislação de trânsito ou recuperados de furtos e roubos, e que o proprietário não providenciou a retirada no prazo estabelecido na lei.

Quando o veículo chega aos pátios credenciados do Detran-MG, o dono recebe um comunicado pelos Correios e tem 60 dias para retirar o carro. Depois desse prazo, o veículo passa por uma vistoria e, se não houver impedimento legal, pode ser levado a leilão.

Primeiramente, o proprietário é notificado três vezes por meio de edital, uma publicada na Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais (IOMG) e outras duas em um jornal de grande circulação. Os comunicados estabelecem outros 30 dias para a retirada do veículo.

-

Acompanhe o facebook e o instagram do Detran-MG! 
Assessoria de Comunicação – DetranMG/PCMG

DETRAN-MG barra endereço Av João Pinheiro, 417 - Boa Viagem - CEP 30.130-183 - Belo Horizonte - MG

Todos os direitos reservados - Aspectos Legais e Responsabilidades